Vamos Criar Competências

O futuro de Espinho passa por uma visão estratégica a longo prazo, devidamente coordenada com os fluxos nacionais e internacionais da economia. Tornar o Concelho mais competitivo, atrativo e inscrito num pólo internacional de inovação é um desígnio que pretendemos alcançar.

A definição de um vetor estratégico assente na formação, no apoio ao ensino qualificado e digital, no qual as artes e a cultura possam assumir relevância enquanto fatores de diferenciação, mais não é do que recuperar uma identidade e tradição que Espinho já assumiu e queremos retomar.

Os nossos jovens apresentam um assinalável sucesso académico e profissional. Queremos oferecer-lhes todas as condições para que desenvolvam a sua vida pessoal e atividade profissional no nosso Concelho, contrariando assim a tendência de desertificação que assistimos.

Vamos trabalhar no apoio à criação de novas empresas, apostar na reconversão das estruturas existentes e na sua adaptação para uma visão de futuro dirigida à “Indústria 4.0”, às indústrias criativas, ao turismo e lazer, explorando o grande potencial de Espinho como “cidade-mar”. Iremos garantir o justo equilíbrio entre desenvolvimento social, prosperidade económica e proteção ambiental criando um FUTURO sustentável.

OBJETIVO 5

ESPINHO
CULTURAL E CRIATIVO

Somos feitos pelos valores da nossa terra e, por isso, queremos uma gestão dinâmica do nosso património, material e imaterial.

Queremos desenvolver uma valorização enriquecedora da nossa História, dos nossos modos de vida, do nosso saber fazer e estar e, deste modo, apostar na oferta diversificada em todas as áreas da Cultura que, nesta candidatura, irão assumir um papel  distinto e relevante.

A definição de um vetor estratégico assente na formação, no apoio ao ensino qualificado, artístico e digital, onde as artes e a cultura possam assumir relevância como fatores de diferenciação positiva, mais não é do que recuperar uma identidade e tradição que Espinho já assumiu e que queremos agora retomar de uma forma colaborativa, inovadora e por isso exemplar.

Assim, procurar-se-á uma dinamização ativa e envolvimento cultural com o meio – produto da política a realizar – unindo e integrando as instituições culturais e criativas que Espinho possui e apoiando, de forma disruptiva, a criação de novos grupos e associações criativas para a necessária diferenciação que Espinho deverá saber oferecer.

OBJETIVO 6

ESPINHO
ATRATIVO E EMPREENDEDOR

As autarquias são resultado do contributo ativo dos seus participantes, dando espaço para cruzamentos potenciadores de inovação, de parcerias, de desenvolvimento e para gerar riqueza e valor.

Queremos proporcionar, aos nossos jovens, todas as condições para que desenvolvam a sua vida pessoal e atividade profissional no nosso concelho, contrariando assim a tendência de desertificação e abandono a que assistimos.

Espinho deverá ser cada vez mais uma autarquia colaborativa, apoiada na intervenção coletiva e integrada, multissetorial e institucional de todos os seus protagonistas. É, por isso, necessário mobilizar e potenciar a enorme riqueza de recursos humanos, saberes e capacidades organizativas já existentes, com vista ao contínuo desenvolvimento e fortalecimento deste fundamental vetor de expansão social.

Iremos incentivar o empreendedorismo, trabalhar no apoio à criação de novas empresas, na reconversão das estruturas existentes e na sua adaptação para uma visão de futuro de modo a criarmos uma nova identidade, uma oferta diferenciadora – uma marca sustentável, reconhecível e duradoura.

PROGRAMA COMPLETO

ONDE TODOS CONTAM

Descarregue aqui o programa completo com todas as nossas propostas para o governo do Concelho de Espinho 2017-2021